CAIXINHA DE CULTURA - A não perder...

Arte e Cultura? Não hesites! Entra já em...CASTINGSTARS - Comunidade de Artistas Portugueses http://www.castingstars.ning.com

COFFEEPASTE - se és artista e procuras trabalho...
http://coffeepaste.blogspot.com/

PORTAL CRONÓPIOS - onde escritores e artistas se expressam no seu todo. Leia, veja os vídeos, oiça entrevistas em
http://www.cronopios.com.br

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Música - Eneida Marta

ENEIDA MARTA – Guiné Bissau (África)

A VOZ QUE AFAGA A ALMA
 Uma noite estrelada. Uma poncha*. Um aprazível suspiro. Uma canção. Era tudo o que eu queria naquele momento. Uma saudade intensa toma-me de rompante. Aquela voz a ecoar numa estação de rádio escolhida ao acaso, aquela voz que eu não conhecia, acabara de transformar aquele instante num momento só meu, intemporal, único, repleto de paisagens africanas que eu via desfilar na minha memória. Que bom ter descoberto Eneida! Não… não falo de ‘Eneida’ de Virgílio, mas da nossa Eneida africana, mulher feita poema.

Quando Juca Delgado, um dos mais conceituados produtores de música africana em Portugal descobriu a voz fascinante de Eneida Marta, valorizou-a, ciente do seu valor artístico.

Nos seus concertos, Eneida espalha encanto, despertando uma mescla de emoções que nos trazem saudade e contentamento, vontade de requebrar o corpo ou simplesmente de ficar quietos, numa prazenteira preguiça. Na verdade, a música sempre a seduzira, desde criança, pois nascera no seio de uma família de artistas. Familiarizara-se com os palcos participando em concursos infantis, deliciando o público com a sua voz de menina talentosa.

São vários os estilos que caraterizam as suas canções, que vão desde o Gospel, Jazz, Gumbé, retoques de Flamenco, ao Singa, Tina, Djanbadon, enfim, uma macedónia de ritmos extraordinários. Canta em vários dialetos e línguas, nomeadamente em mandinga, português, futa-fula, criolo, fula; e sempre com Juca Delgado por perto, numa brilhante cumplicidade.

“Nô Storia”, o seu primeiro álbum (2001), editado pela ‘Maxi Music’ e produzido por Juca Delgado foi o início da sua projeção artística, com uma tournée por vários países da Europa e África, incluindo Guiné-Bissau, onde foi recebida com todo o carinho que um povo deve dedicar a um filho da terra. Depois de “Amari” (2002), produtoras como a JPS Production (França), Club Star (Alemanha), Putumayo (EUA), promovem a sua carreira internacional e o seu nome passa a ser alvo de críticas auspiciosas tanto da parte do público como dos media. E assim, Eneida é convidada a participar em diversos programas, com presença marcante no ‘Inside África’, transmitido pelo canal televisivo CNN International.

Em 2005, Eneida arrebata o primeiro lugar na categoria de World Music com "Mindjer Dôlce Mel", num concurso realizado em Portugal. Foi, anos depois (2008), seleccionada pela WOMEX 2008 (World Music Expo), um dos maiores eventos de World Music, para integrar a sua programação oficial, entre centenas de artistas oriundos de várias partes do globo.

Através de Juca Delgado, Eneida participou em produções com artistas reputados como Bonga, Rui Mingas, Manecas Costa, Dulce Pontes, Uxia, e ainda Aliu Bari, precursor da música moderna da Guiné, entre outros artistas de renome.

Radicada em Portugal, Eneida tem vivido um pouco por terras africanas como Angola, Moçambique e, claro, Guiné, o exótico país onde nasceu.

+ Informações sobre Eneida:     
www.myspace.com/eneidamarta
http://www.myspace.com/martaeneida
http://www.griotsound.com/webeneida/default.asp
http://angolanavoz.blog.com/


*poncha – bebida típica da região de Câmara de Lobos, Ilha da Madeira, à base de aguardente de cana de açúcar, mel, sumo de limão, podendo ainda ser utilizadas outras espécies de frutos como maracujá ou laranja.

Maria Dhramamor