CAIXINHA DE CULTURA - A não perder...

Arte e Cultura? Não hesites! Entra já em...CASTINGSTARS - Comunidade de Artistas Portugueses http://www.castingstars.ning.com

COFFEEPASTE - se és artista e procuras trabalho...
http://coffeepaste.blogspot.com/

PORTAL CRONÓPIOS - onde escritores e artistas se expressam no seu todo. Leia, veja os vídeos, oiça entrevistas em
http://www.cronopios.com.br

domingo, 6 de maio de 2012

Sociedade - Modernos Primitivos

fonte: Blog.bodycandy.com
Este conceito surge no final dos anos 70, através de Fakir Musafar, considerado o pai do Movimento Moderno Primitivo, que se assume como pesquisador e explorador ritualístico do seu próprio corpo, que manipula e modifica através da arte e da espiritualidade primitiva/ tribal, chocando a sociedade com a crueza com que demonstra o autodomínio do corpo físico e espiritual. Fakir Musafar pratica o culto das tatuagens, do 'body piercing' (introdução de ornamentos perfurantes no corpo), tendo feito diversas performances pelo mundo inteiro, nomeadamente em Lisboa, em 1997, no Festival Atlântico, influenciando grandemente os jovens portugueses.

Os Modernos Primitivos não se enquadram nas sociedades, abominam padrões de comportamento preestabelecidos, opõem-se a hierarquias. São absolutamente anárquicos e vivem o quotidiano sem imposições, nem regras. As suas atitudes são reflexo da sua vontade e é a sua vontade que rege a sua vivência diária. Não estão sujeitos a horários e o tempo não os domina; o relógio é um objeto dispensável, abominam a hipocrisia do ser humano nas relações interpessoais como forma de gerir relacionamentos. Não acreditam em nenhum sistema político vigente, que julgam causadores de insatisfações no Homem e acreditam neles próprios como seres geradores da felicidade, o obetivo fundamental do ser humano.
fonte: mike_smoke_Web
         
Buscam nas filosofias e doutrinas tribais a sua própria filosofia e adoptam posturas consideradas bizarras pelas sociedades ditas modernas, que os tratam como seres ineptos do submundo, sem direção, caóticos e subversivos. Porém, grande parte dos elementos que constituem este movimento são espiritualistas, cultos, têm licenciaturas para as quais estão se baldando, e muitos são oriundos de famílias ricas e bem posicionadas.

Se a sociedade os considera um abalo social com a sua excentricidade, a própria sociedade mostra insuficiências inter-relacionais e desumanidade nos seus juízos de valor. Sim, os Modernos Primitivos vestem roupas não convencionais, pintam a pele, perfuram-na, usam cabelos de tons vistosos e penteados à semelhança das culturas tribais, por vezes andam descalços, fazem de casas abandonadas o seu lar, onde vivem sem ideais padronizados de conforto, cultivam as artes e as letras, a música de garagem, são assertivos, pacifistas, são contra o ‘assassinato’ de animais para se alimentarem, vivem em regime de partilha que se estendem aos animais domésticos, fazem amor, sorriem, dançam, choram como qualquer ser humano. E são, na maior parte das vezes, verdadeiros artistas. Sim, sim, sim… são tudo isto e muito mais… Eles têm a coragem de deixar emergir o ‘Ser’.

fonte: en.wikipedia.org

Porém, pessoas ditas civilizadas manifestam a sua preconceituosidade quando os observam com desprezo e sorrisos mordazes, quando os atingem com piadas-boomerang, pois normalmente os Primitivos Modernos não respondem a provocações.
Existe um intercâmbio de comportamentos antagónicos gerados por sentimentos de rejeição de ambas as partes. A sociedade é o fulcro, onde tudo acontece. Há que respeitar o espaço de cada um e, acima de tudo, a liberdade de uns, desde que esta não interfira com a de outros.

Os Primitivos Modernos existem em Portugal, Espanha, nos EUA, no Reino Unido, and so on… E porque a ação gera reação, se nos aproximarmos sem hipocrisias, com aceitação, poderá estabelecer-se um inter-relacionamento revelador. Somos filhos do mesmo Universo.

Maria Dhramamor
Fonte:
http://www.modernprimitives.com


Contactos de Fakir Musafar:
Email: fakir@bodyplay.com
Write: Fakir, P.O. Box 2575, Menlo Park, CA 94026
Phone: (650) 324-0543
Fax: (650) 326-BODY

fonte: http://www.bodyplay.com/ (Fakir)